2 de dez de 2014

TRANSFORMAÇÃO CAPILAR

Nosso Hairstylist, Guto Mendonça, tira algumas dúvidas sobre transformação capilar.


Quem deseja alisar as madeixas sabe que o receio faz parte antes da aplicação de qualquer produto nos cabelos. Um dos procedimentos que tem conquistado cada vez mais fãs é a escova definitiva. Diferente da progressiva, a técnica alisa mais as madeixas pela ação dos agentes.

O que é escova definitiva? É um tratamento que altera a estrutura interna da fibra capilar. O procedimento a base de tioglicolato de amônia, alisa e diminui o volume dos fios. Facilidade de pentear e durabilidade também são benefícios dessa escova. 

O que é e como age o Tioglicolato de Amônia? Para escova definitiva e relaxamento suave. O resultado são fios extremamente lisos e alinhados, também pode ser utilizada para realização permanente. O segredo do processo está na escovação, é ela que vai dar o molde ao fio, deixando-o mais liso ou apenas reduzindo o volume. 

Quem tem cabelos descoloridos pode fazer definitiva? As donas das mechas com tintura podem apostar no tratamento, mas devem tomar cuidado na hora de escolher um procedimento seguro. A definitiva, que possui colágeno, queratina e silicone é capaz de nutrir os cabelos sensibilizados quimicamente por reflexos, luzes, descolorações e colorações. Vale a pena perguntar ao cabeleireiro os componentes do produto para não prejudicar a fibra capilar. Depois do processo, os cabelos podem ser retocados com as colorações normalmente.

Quanto tempo dura a escova definitiva? Tudo o que é bom não dura para sempre. O método também exige manutenções com o passar do tempo. Alguns retoques devem ser feitos a cada seis meses, já que quando os cabelos crescem, a raiz acaba ficando desigual ao restante dos fios. 

Quais cuidados precisam ser tomados depois da escova definitiva? Usar a linha indicada pelo cabeleireiro, shampoo e condicionadores de marcas de qualidade e máscaras de tratamento para manter seus cabelos sempre hidratados e com liso sempre saudável e natural. 

Guto Mendonça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário